Briga na saída de escola deixa estudante ferida no centro de Campinas; VÍDEO

  • 24/06/2024
(Foto: Reprodução)
Adolescente de 17 anos prestou queixa na Polícia Civil e alegou que foi agredida com soco inglês. Secretaria de Estado da Educação informou que alunas foram orientadas a acompanhar aula remotamente. Adolescentes brigam na saída de escola estudual no centro de Campinas Uma briga entre estudantes na saída da Escola Estadual Francisco Glicério, em Campinas (SP), terminou com uma adolescente ferida na tarde desta segunda-feira (24). Uma jovem de 17 anos teve pelo menos um dente quebrado e sofreu corte na testa. Um vídeo mostra parte da briga - assista acima. 🔔 Participe do canal do g1 Campinas no WhatsApp De acordo com a Polícia Civil, a jovem e mãe dela compareceram ao 1º Distrito Policial de Campinas para registro da ocorrência. Segundo o relato da jovem, ela teria sido agredida na saída por duas alunas após ter informado à direção da escola sobre o furto de seus pertences. "A ocorrência será encaminhada à Delegacia da Infância e Juventude para devida investigação", destaca a Polícia Civil Em nota, a Secretaria de Estado da Educação (Secud-SP) informou que o Conselho Tutelar será acionado. "A Secretaria repudia qualquer tipo de violência dentro ou fora do ambiente escolar. Ao saber do desentendimento fora da escola, a equipe de gestão prontamente foi ao local para apartar as estudantes. Os responsáveis foram chamados e informados que as alunas devem realizar as atividades escolares remotamente nesta terça-feira", destacou a pasta. Furto e agressões De acordo com a adolescente, a confusão teria sido motivada após um episódio em que teve objetos furtados da mochila na última quinta-feira (20). A mãe da estudante teria ido ao colégio no dia seguinte para pedir providências. Ainda segundo a jovem, nesta segunda a informação teria sido disseminada no colégio com um versão de que ela estaria acusando outras adolescentes pelo furto, o que a estudante nega. "Talvez ela já estivesse com ódio de mim, e achou que eu a estava acusando de furto. Mas não, toda a escola está de prova, em nenhum momento eu acusei ela." A adolescente contou que as agressões ocorreram na saída da escola. "Quando fui para casa, ela foi atrás de mim. Uma amiga dela me segurou, e ela me deu um soco. Tinha um soco inglês e caiu um canivete. Quebrou meu dente, cortou minha testa", disse. "Estou muito mal. Não esperava ser agredida na escola. Como vou para a escola agora, com o pensamento que vou ser agredida de novo?", disse a adolescente. Marca na testa de adolescente após briga na saída da Escola Estadual Francisco Glicério, em Campinas (SP) Tiago Américo/EPTV De acordo com a Secretaria de Estado da Educação, a equipe regional do Programa de Melhoria da Convivência e Proteção Escolar (Conviva) acompanha o caso e "irá elaborar estratégias de ações para conscientização de toda comunidade escolar". A pasta informa que um profissional do programa Psicólogos nas Escolas atua na unidade, e a "Diretoria de Ensino Campinas Leste e a equipe gestora da unidade estão à disposição da comunidade escolar para mais esclarecimentos". LEIA TAMBÉM: Região de Campinas registra 5,1 mil casos de agressões em escolas, alta de 15,3% em um ano VÍDEOS: saiba tudo sobre Campinas e Região Veja mais notícias da região no g1 Campinas

FONTE: https://g1.globo.com/sp/campinas-regiao/noticia/2024/06/24/briga-na-saida-de-escola-deixa-estudante-ferida-no-centro-de-campinas-video.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

Anunciantes