Família de idosa que teve AVC na Bahia faz vaquinha para pagar UTI móvel para viagem até São Carlos

  • 24/06/2024
(Foto: Reprodução)
Neto da mulher de 88 anos diz que por falta de vagas nos hospitais do estado ela não está recebendo o atendimento nem os medicamentos adequados. Família faz vaquinha para pagar UTI móvel para trazer idosa que teve AVC na Bahia para ser tratada em São Carlos Arquivo pessoal A família de Maria Antônia de Jesus Souza, de 88 anos, está realizando uma vaquinha para pagar uma UTI móvel para trazer a idosa da Bahia, onde ela teve um Acidente Vascular Cerebral (AVC) para São Carlos (SP). Segundos os familiares, desde quinta-feira (20) ela está em um hospital de Mairi (BA), sem tomar os medicamentos necessários e sem mesmo ter diagnosticado se o AVC é hemorrágico ou isquêmico. 📲 Participe do canal do g1 São Carlos e Araraquara no WhatsApp Maria Antônia é baiana e se mudou para São Carlos há 35 anos. Moradora do bairro Antenor Garcia, ela vai à Bahia todos os anos visitar a família. Neste ano ela estava acompanhada de duas filhas. Maria Antônia de Jesus Souza, de 88 anos, está em um hospital na Bahia e família quer UTI móvel para trazê-la para São Carlos Arquivo pessoal Segundo o neto Anderson Souza Dantas, o estado clínico da idosa é grave e ela está sem assistência médica especializada, não realizou os exames necessários para o tratamento e está sem a medicação devida. “Foram menos de 20 minutos até chegar ao hospital, porém, se tivessem visto que eles não tinham toda medicação, ela teria chegado a Feira de Santana para tomar esse medicamento no tempo certo, mas falaram que ela estava bem e colocaram ela no quarto com os aparelhos. No outro dia, disseram que ela estava melhor e colocaram ela em um quarto simples, sem fazer tomografia para saber qual o tipo de AVC havia sido ou dado a medicação”, contou. Ele disse ainda que a avó está se alimentando apenas com comidas pastosas e soro. O g1 tentou entrar em contato com o hospital Eduardo Magalhães em Mairi, mas o telefone não atende. Também procurou a secretaria estadual de Saúde e aguarda um retorno. No relatório do hospital sobre a paciente, há a confirmação de AVC não especificado e solicitação de UTI móvel para a transferência dela para outro hospital "com brevidade". A família está tentando a transferência da idosa para um hospital de Feira de Santana, mas não há vagas. Ela também está há dias à espera de uma vaga em um hospital de Salvador, por isso os parentes estão tentando transferi-la para São Carlos, mas o valor de uma UTI móvel, necessária para o transporte, é de R$ 35 mil. “Quanto mais tempo passa, a chance de ficar com uma sequela é muito maior e, se não for tratada, ela pode entrar em um quadro de pneumonia porque ela parou de se alimentar”, afirmou. Quem quiser ajudar, pode entrar em contato com o neto de Maria Antonia pelo telefone (16) 99411-1523. Veja os vídeos da EPTV Central Veja mais notícias da região no g1 São Carlos e Araraquara

FONTE: https://g1.globo.com/sp/sao-carlos-regiao/noticia/2024/06/24/familia-de-idosa-que-teve-avc-na-bahia-faz-vaquinha-para-pagar-uti-movel-para-viagem-ate-sao-carlos.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

Anunciantes